Como calcular hora extra

Como Calcular Hora Extra: Passo a passo com noturno, sábados e feriados



Saber como calcular hora extra não é nada difícil, sendo essa uma rotina comum das pessoas que trabalham no departamento pessoal. Por mais que as empresas utilizem softwares específicos para esse cálculo na folha de pagamento, é possível determinar o valor das horas extras pelos simples cálculos manuais e é este passo a passo que iremos ensinar nesse post. Confira.




Passo a passo de como calcular hora extra

A tarefa de como calcular hora extra envolve inicialmente levantar algumas informações básicas sobre o empregado.

Passo 1: Identificar o salário-base

As horas extras e demais remunerações são pagas sobre o salário-base, ou seja, aquele valor fixo definido no contrato e na carteira de trabalho.

Passo 2: Verificar o controle de ponto

Para saber como calcular hora extra, é preciso verificar o controle de ponto do empregado. Somente dessa maneira é possível analisar em quais dias essas horas extraordinárias ocorreram e a quantidade exata delas. Aqui, é preciso atentar-se para duas regras importantes, conforme definições do Ministério do Trabalho:

a) Durante a semana, de segunda à sexta, cada empregado pode fazer no máximo 2 horas extras, sendo que essas horas são calculadas na modalidade 50%.

b) Aos sábados, domingos e feriados, as horas extras devem ser calculadas na modalidade 100%.



Exemplo prático de como calcular hora extra

Aprender como calcular hora extra na prática fica mais fácil depois das considerações acima. Agora faremos uma simulação desse cálculo nas modalidades 50% e 100%. Sendo:

  • 50% de adicional para horas extras de segunda à sábado, ocorridas até 22h da noite.
  • 100% de adicional para horas extras no período noturno (após 22h) e nos domingos e feriados.

Hora Extra Noturna

A hora extra noturna corresponde ao trabalho extra ocorrido entre 22:00 e 5 horas da manhã.O adicional noturno corresponde a 20% a mais nas horas trabalhadas. Além disso, ocorre o adicional de 50% pelas horas extras em si. Para calcular a hora extra noturna basta seguir os passos:

  • Calcular o valor da hora trabalhada do funcionário;
  • Adicionar 20% sobre a hora trabalhada, por conta do adicional noturno;
  • Adicionar 50% sobre a hora trabalha, já inclusa do adicional noturno.

Hora extra em feriados e fins de semana

Como explicamos, em domingos e feriados, os funcionários devem receber adicional de, no mínimo, 100%. Aos sábados, o adicional é de 50%.

 



Exemplo de cálculo de Hora extra durante o dia (50%)

Suponhamos um empregado com salário-base de R$2.000,00 e que tenha feito 10 horas extras no decorrer do mês, todas ocorridas de segunda à sexta. Ou seja, todas na condição de 50%.

Passo 1: Dividir o valor do salário-base do empregado por 220, que são as horas mensais estipuladas em contrato, de acordo com a CLT. Fazendo essa divisão, chegamos ao valor da hora do empregado.

Valor da hora = 2.000/220
Valor da hora = 9,09

Passo 2: Fazer o acréscimo de 50% ao valor de cada hora extra trabalhada. Desse modo, para cada hora extra, além de o empregado receber o valor correspondente à hora normal, ele receberá um acréscimo de 50% sobre cada hora.

Valor de cada hora extra = 9,09 + 4,55
Valor de cada hora extra = 13,64

Passo 3: Multiplicar o valor de cada hora extra pela quantidade de horas feitas durante o mês (que no caso do nosso exemplo, foram 10).

Valor total das horas extras = 13,64 x 10
Valor total das horas extras = 136,40

Exemplo de cálculo de hora extra noturna e aos domingos e feriados (100%)

A segunda maneira de como calcular hora extra é na modalidade 100%, que conforme já vimos, deve ser considerada no caso de quem trabalha aos domingos e feriados. Vamos considerar o mesmo exemplo de um empregado com salário-base de R$2.000,00 e que tenha realizado 15 horas extras na modalidade 100%.

Passo 1: Dividir o valor do salário-base do empregado por 220, que são as horas mensais estipuladas em contrato, de acordo com a CLT. Fazendo essa divisão, chegamos ao valor da hora do empregado.

Valor da hora = 2.000/220
Valor da hora = 9,09

Passo 2: Fazer o acréscimo de 100% ao valor de cada hora extra trabalhada. Desse modo, para cada hora extra, além de o empregado receber o valor correspondente à hora normal, ele receberá um acréscimo de 100% sobre cada hora. Isso significa que horas extras realizadas nos dias que deveriam ser de descanso do empregado, o valor pago é o dobro da hora normal.



Valor de cada hora normal = 9,09 + 9,09
Valor de cada hora extra = 18,18

Passo 3: Multiplicar o valor de cada hora extra pela quantidade de horas feitas durante o mês (que no caso do nosso exemplo, foram 15).

Valor total das horas extras = 18,18 x 15
Valor total das horas extras = 272,70

 

DSR sobre horas extras

Como calcular hora extra

Além de saber como calcular hora extra, é necessário incluir o pagamento do DSR sobre essas horas.
Para fazer esse cálculo, vamos considerar a seguinte fórmula:

DSR = (número total das horas extras do mês) / (número de dias úteis) x (domingos e feriados do mês) x (valor da hora extra com acréscimo)

Exemplo:

No decorrer do mês de maio/2018, o empregado fez 31 horas extras. Delas, 13 foram realizadas na modalidade 50% e 18 na modalidade 100%. Número de domingos e feriados no mês = 5 (4 domingos e 1 feriado).

Essas são as condições:

Valor da hora normal = 10,00
Valor da hora extra com acréscimo de 50% = 10 + 5 = 15,00
Valor da hora extra com acréscimo de 100% = 10 + 10 = 20,00
Número de horas extras a 50% = 13
Valor das horas extras a 50% = 13 x 15 = 195,00
Número de horas extras a 100% = 18
Valor das horas extras a 100% = 18 x 20 = 360,00
Valor total das horas extras = 195 + 360 = 555,00

Aplicando a fórmula, temos:

DSR = (13/22) x 5 x 10 = 0,59 x 5 x 10 = 29,50
DSR = (18/22) x 5 x 20 = 0,82 x 5 x 20 = 82,00

Logo, temos um total de DSR de 111,50, que deverá ser pago em holerite juntamente com as horas extras do mês. Obs.: o DSR é discriminado separadamente no holerite.

Essas informações completas de como calcular hora extra são suficientes para aprender a fazer esse cálculo manualmente, ainda que seja adotado um software específico para empresas.

Imagens: industriahoje.com.br / binati.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + 7 =