como calcular o salário líquido

Como Calcular o Salário Líquido – Passo a Passo Simples



Saber como calcular o salário líquido é uma necessidade de empresas e empregados, já que essa rotina faz parte da relação de trabalho mantida entre as partes. Vamos ver nesse post como fazer o cálculo de forma simples. Confira.




Passo a passo de como calcular o salário líquido

Como calcular o salário líquido envolve um passo a passo que deve ser seguido para facilitar o processo. Vejamos.

Passo 1: verificar o salário bruto

Para chegar ao valor do salário líquido, o primeiro passo é verificar qual é o salário bruto do empregado, sendo esse valor também conhecido como salário-base. Esse valor está contido na carteira profissional, no contrato de trabalho e na ficha de registro, sendo reajustado anualmente. Por isso, é necessário prestar atenção ao valor do salário bruto atual.

Passo 2: Listar todas as remunerações

Aprender como calcular o salário líquido envolve também apontar os outros tipos de remunerações que podem ser pagas ao empregado, tendo o salário-base como referência. Alguns exemplos dessas remunerações são:

– Horas extras;
– Adicional noturno;
– Adicional de insalubridade;
– Adicional de periculosidade;
– Participação nos lucros e resultados;
– Comissões;
– Bonificações etc.

Todas as remunerações devem ser listadas e somadas ao pagamento do mês (que é o salário bruto fixo).



Passo 3: Listar todos os descontos

O terceiro passo de como calcular o salário líquido é listar todos os descontos autorizados por lei, pela Convenção Coletiva de Trabalho ou aqueles que são realizados com o consentimento do empregado, mediante assinatura de documento. Alguns exemplos desses descontos são:

INSS;
– IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte);
– Faltas injustificadas;
– Atrasos injustificados;
– Empréstimos;
– Vale transporte (6% sobre o valor do salário bruto);
– Percentual do seguro de vida;
– Percentual do vale alimentação;
– Percentual da mensalidade do plano de saúde;
– Despesas relacionadas ao plano de saúde etc.

Passo 4: subtrair o total dos descontos do total da remuneração

Depois de chegar ao valor total da remuneração (o que inclui salário bruto e demais remunerações) e também verificar o total de descontos, basta subtrair o valor dos descontos do total da remuneração. Dessa forma, chegaremos ao valor líquido a ser recebido.

Exemplo de como calcular o salário líquido

Como calcular salário líquido



Para demonstrarmos como calcular o salário líquido de acordo com o passo a passo acima, vamos considerar o exemplo de um empregado que apresente as seguintes condições:

Valores a receber

– Salário bruto = R$1.200,00
– Horas extras = R$150,00
– Adicional noturno = R$50,00
– Comissão = R$100,00

Total dos valores a receber = R$1.500,00

Valores a descontar

– INSS = R$120,00
– Vale Transporte (6%) = R$72,00
– Empréstimo = R$140,00
– Percentual do seguro de vida = R$7,00

Total dos valores a descontar = R$339,00

Dessa forma, chegamos ao valor líquido de R$1.161,00.

Como deve ser montado o holerite ou recibo de pagamento

Além de saber como calcular o salário líquido, é necessário que todos os valores referentes aos recebimentos, aos descontos e ao valor final de salário líquido sejam documentados por meio de holerite ou recibo de pagamento.
Grande parte das empresas e escritórios de contabilidade emitem holerites e recibos por meio de um software.

No entanto, em algumas situações talvez seja necessário fazer um recibo manual. Para isso, é necessário seguir essas regras:

– o recibo de pagamento deve ser emitido em duas vias, ficando uma com o empregado e outra com o empregador;
– a via que fica com o empregador deverá ser assinada pelo empregado e conter a data na qual o pagamento líquido foi realizado;
– o empregador deve arquivar todos os holerites ou recibos de pagamento assinados pelo empregado;
– ao montar o holerite ou recibo, é preciso que ele tenha: nome completo do empregado, número da carteira profissional do empregado, nome da empresa, CNPJ e endereço da empresa, função e setor do empregado;
– é necessário colocar todos os valores recebidos em uma coluna e, em outra coluna, discriminar todos os valores descontados. Tanto o empregador quanto o empregado precisam ter claro cada valor de forma individual, evitando qualquer dúvida;
– ainda que o valor do FGTS não seja pago com o salário, no holerite ou recibo de pagamento é preciso discriminar o valor recolhido de FGTS no mês, sendo esse valor pago por meio da guia emitida pela Caixa Econômica Federal.



Com essas informações, aprender como calcular o salário líquido fica muito mais fácil, sendo também possível compreender o passo a passo de como esse cálculo é feito, mesmo quando ele é realizado por softwares.

Imagens: timesheets.com / sapling.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco − 4 =